Exemplos de gráficos

Explicação do funcionamento e ajuda aos problemas técnicos que pode encontrar no espaço que gere o seu gráfico da temperatura.

Moderador: avpower

Utilizadores a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 0 visitantes

Exemplos de gráficos

Mensagempor Elainy » quinta 28 mai 2009 13:49

Todos os meses existe uma dança de hormônios no nosso organismo, e cada um deles faz uma coisa diferente.
Mas para quem mede a temperatura basal, o hormônio que mais interessa é a progesterona.
A progesterona é produzida somente após a ovulação pelo corpo lúteo. O corpo lúteo é o folículo que se rompeu para a saída do óvulo.
A progesterona causa um aumento de temperatura, e é esse aumento que a gente consegue perceber medindo a temperatura.

- Tire sua temperatura TODOS OS DIAS, NO MESMO HORÁRIO, APÓS NO MÍNIMO 3 HORAS CONSECUTIVAS DE SONO, SEM SE MEXER. Não adianta tirar a temperatura depois de ir ao banheiro, por exemplo.
- Bebidas alcoólicas, insônia, medicamentos e febre podem influenciar na temperatura. Anote sempre quaisquer coisas que fugirem ao seu padrão normal de vida.
- Usar o método vaginal para medir a temperatura pode ser a melhor opção, pois dá menos alterações. Você pode usar o método oral, se se lembrar de colocar o termômetro sempre no mesmo local, e se vc dorme com a boca aberta, este não é um bom método para vc, pois ele dá alterações.
- Se possível, use um termômetro digital, é mais garantido.
- Anote suas temperaturas num gráfico. Você mesma pode fazer no excel ou usar um site para isso (http://www.28dias.es – é gratuito)

Geralmente então os gráficos apresentam um padrão bifásico, isto é, as temperaturas oscilam dentro de um patamar antes da ovulação, depois da ovulação sobem e oscilam neste patamar mais alto até a próxima menstruação (ou até a confirmação da gravidez), como este aqui:Imagem




É claro que nem sempre os gráficos são fáceis assim de se interpretar, então temos algumas variações. Os gráficos de quem não ovulou ainda, ou de quem está tendo um ciclo anovulatório (sem ovulação) ficam mais ou menos assim:
Imagem



Ou seja, não há um padrão bifásico neles, parece um monte de montanhas de picos altos.

Muitas meninas me perguntam se antes da ovulação há uma queda na temperatura. Para algumas mulheres existe, para outras não. Em alguns casos, a mesma mulher pode ter ciclos com esta queda e sem esta queda, como vocês podem ver nestes gráficos:

Sem queda:
Imagem

Com queda:
Imagem
Uma outra coisa importante é que a fase lútea (o período que vai da ovulação até a menstruação) é fixo para cada mulher. Ela pode sofrer alteração com o uso de indutores de ovulação (como o clomid) e geralmente nestes casos fica mais longa.
A fase lútea normal varia de 10 a 16 dias. Períodos menores que 10 dias são considerados muito curtos e preocupantes, pois podem impedir que o embrião se fixe no útero. Se sua fase lútea for constantemente curta, é ideal procurar um médico e fazer uma investigação mais completa. Na média, dura 14 dias, e, se a temperatura permanecer alta (por cima da coverline) depois de 16 dias da fase lútea, há grandes chances de ser bebezinho!

Essa é uma dica da amiga HEVEAHOPE do E-family http://www.e-familynet.com/phpbb/pequen ... highlight=
Avatar do Utilizador
Elainy
primeiro passo
 
656
segunda 25 mai 2009 13:01
Interior de SP Brazil

Re: Exemplos de gráficos

Mensagempor lucinhafernandes » quinta 4 jun 2009 00:40

Elainy Escreveu:Todos os meses existe uma dança de hormônios no nosso organismo, e cada um deles faz uma coisa diferente.
Mas para quem mede a temperatura basal, o hormônio que mais interessa é a progesterona.
A progesterona é produzida somente após a ovulação pelo corpo lúteo. O corpo lúteo é o folículo que se rompeu para a saída do óvulo.
A progesterona causa um aumento de temperatura, e é esse aumento que a gente consegue perceber medindo a temperatura.

- Tire sua temperatura TODOS OS DIAS, NO MESMO HORÁRIO, APÓS NO MÍNIMO 3 HORAS CONSECUTIVAS DE SONO, SEM SE MEXER. Não adianta tirar a temperatura depois de ir ao banheiro, por exemplo.
- Bebidas alcoólicas, insônia, medicamentos e febre podem influenciar na temperatura. Anote sempre quaisquer coisas que fugirem ao seu padrão normal de vida.
- Usar o método vaginal para medir a temperatura pode ser a melhor opção, pois dá menos alterações. Você pode usar o método oral, se se lembrar de colocar o termômetro sempre no mesmo local, e se vc dorme com a boca aberta, este não é um bom método para vc, pois ele dá alterações.
- Se possível, use um termômetro digital, é mais garantido.
- Anote suas temperaturas num gráfico. Você mesma pode fazer no excel ou usar um site para isso (http://www.28dias.es – é gratuito)

Geralmente então os gráficos apresentam um padrão bifásico, isto é, as temperaturas oscilam dentro de um patamar antes da ovulação, depois da ovulação sobem e oscilam neste patamar mais alto até a próxima menstruação (ou até a confirmação da gravidez), como este aqui:Imagem




É claro que nem sempre os gráficos são fáceis assim de se interpretar, então temos algumas variações. Os gráficos de quem não ovulou ainda, ou de quem está tendo um ciclo anovulatório (sem ovulação) ficam mais ou menos assim:
Imagem



Ou seja, não há um padrão bifásico neles, parece um monte de montanhas de picos altos.

Muitas meninas me perguntam se antes da ovulação há uma queda na temperatura. Para algumas mulheres existe, para outras não. Em alguns casos, a mesma mulher pode ter ciclos com esta queda e sem esta queda, como vocês podem ver nestes gráficos:

Sem queda:
Imagem

Com queda:
Imagem
Uma outra coisa importante é que a fase lútea (o período que vai da ovulação até a menstruação) é fixo para cada mulher. Ela pode sofrer alteração com o uso de indutores de ovulação (como o clomid) e geralmente nestes casos fica mais longa.
A fase lútea normal varia de 10 a 16 dias. Períodos menores que 10 dias são considerados muito curtos e preocupantes, pois podem impedir que o embrião se fixe no útero. Se sua fase lútea for constantemente curta, é ideal procurar um médico e fazer uma investigação mais completa. Na média, dura 14 dias, e, se a temperatura permanecer alta (por cima da coverline) depois de 16 dias da fase lútea, há grandes chances de ser bebezinho!

Essa é uma dica da amiga HEVEAHOPE do E-family http://www.e-familynet.com/phpbb/pequen ... highlight=


Estou levando este também.
Senhor, tomo posse das minhas bençãos!
TEC abr/11(+) AE mai/11; jul/11(-); ago/11(+) D13-337UI/L - D16 1369UI/L - D23 13329UI/L DPP 12/05/12
Trombofilia MTHFR C677T/A1298C-heterozigoto

Imagem
lucinhafernandes
primeiro passo
 
431
segunda 27 abr 2009 19:18
Curitiba





Voltar para Funcionamento do Gráfico da Temperatura Basal